Na Aciva, instituições se reúnem para debater o desenvolvimento da Região

A Associação Empresarial de Araranguá e do Extremo Sul Catarinense (Aciva) realizou na manhã desta segunda-feira (27) uma reunião entre empresários, instituições de ensino e organizações com o objetivo de aproximar aqueles que fazem parte da sociedade civil organizada. A ideia surgiu junto a realização da Feira Aciva de Profissões, após uma análise da real necessidade de troca de experiências entres os segmentos para o fortalecimento da região.

O encontro contou com a presença da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, instituições de ensino de Araranguá e empresários do município. Conforme o presidente da entidade, Alberto Sasso, a proposta é que setores importantes da sociedade estejam interligados. “Sabemos que a educação transforma, mas por diferentes motivos muitas pessoas param de estudar ao terminar o ensino médio. Temos relatos de empresários que precisam de mão de obra qualificada e não encontram, sendo que as instituições de ensino possuem muitos acadêmicos que podem ocupar a vaga, além disso em algumas situações as unidades de ensino possuem cursos gratuitos e não conseguem fechar as vagas”.

O presidente ainda reforça que o desenvolvimento de Araranguá passa por essa aproximação. "Precisamos trabalhar em conjunto para resolver esses problemas. Alguns podem ser resolvidos com diálogo e troca de informações, outros com projetos para que as pessoas entendam que é através da qualificação que conseguirão mudar de vida”, destaca. 

Encontros periódicos devem ser realizados pelo grupo. “Faremos outros encontros com grupos menores e convidando outras lideranças, para que possamos avançar em algumas ideias e projetos para o desenvolvimento da nossa região através da educação contínua”, finaliza Sasso.