ACIVA Inspira: Empresa da incubadora de Araranguá inova com produto que mede dor e força muscular

A MedEOR Medtech está inovando no mercado brasileiro com um equipamento nacional para aferir medidas de dor e força muscular

A inovação é o que move a criação de uma startup, empresa que busca crescer e se destacar no mercado com produtos e serviços diferenciados. Buscando incentivar esse perfil de negócio, a incubadora de Araranguá, a Aratec, já está colhendo os seus primeiros frutos.

Empresa araranguaense, a MedEOR Medtech se estabeleceu na Aratec em 2020. Fundada por Luís Perdona e Fábio Tabalipa, dois profissionais da saúde, que perceberam a necessidade no mercado brasileiro de um equipamento nacional que pudesse aferir medidas de dor e força muscular, com precisão e foco no cliente.

De acordo com um dos sócios da empresa, Rodrigo Pereira, a incubadora do município de Araranguá, a Aratec foi fundamental para a MedEOR Medtech. “Sabemos que para quem está começando, as dificuldades já se iniciam na hora de se estabelecer em um local adequado. Na Aratec conseguimos o espaço necessário para o nosso modelo de negócio”, disse.

Produto nacional

O SPTech, aparelho produzido pela MedEOR, une dois dispositivos - algômetro e dinamômetro manual. “Nossa solução permite que os nossos clientes avaliem de forma precisa, dor e força muscular de seus pacientes”, explicou Rodrigo.

O aparelho possui comunicação bluetooth com aplicativo em celulares e oferece interface amigável, flexibilidade de registros e consultas de histórico. “Nosso intuito é proporcionar ao profissional de fisioterapia mensuração quantitativa para diagnósticos e monitoramento em duas áreas mais atuantes da fisioterapia, que são monitoração de dor e recuperação de força física. Outro aspecto bem relevante é na prevenção de lesões quando utilizado por preparadores físicos para medição de isometria muscular”, detalhou.

Diferencial

O SPTech entra no mercado Brasileiro com preço competitivo e acessível. Rodrigo explica que outro diferencial oferecido pela MedEOR está no atendimento ao cliente, com suporte e capacitação realizado por profissionais de saúde.

“Nossos clientes são os profissionais de saúde como fisioterapeutas, médicos e educadores físicos que necessitam de um diagnóstico e acompanhamento preciso do tratamento clínico de seus pacientes. Entendemos que a atenção e o relacionamento com o cliente é o que o profissional de saúde brasileiro espera”, disse.

Acessível

A solução oferecida pela MedEOR se destaca pelo valor acessível dentro do mercado nacional, pois um dinamômetro importado pode chegar a custar até 4 vezes mais para o público final que são os profissionais da saúde entre fisioterapeutas e médicos de áreas de interesse, público estimado em mais de 300.000 pessoas somente no mercado nacional. “Ainda temos os educadores físicos que estão surgindo em demanda crescente. Outro mercado importante é o de saúde do trabalhador, na medição para avaliação preventiva contra lesões por esforço repetitivo”, lembrou Rodrigo.

Premiações e Incentivos

Os incentivos são fundamentais para quem está começando, principalmente no setor de tecnologia. Neste setor é necessário um grande investimento inicial para obter o resultado esperado. Um dos incentivos que a MedEOR ganhou, foi com o prêmio de inovação do Governo de SC/Finep, o Centelha da Inovação.

A empresa revela que o valor recebido está sendo integralmente aplicado em pesquisa e capacitação. Instalada em Araranguá, a MedEOR vem se beneficiando das oportunidades que a região oferece. Uma das maiores universidades do país, a UFSC, apresenta boas condições para contribuir nas áreas médica e tecnológica no viés de pesquisa e desenvolvimento.

Futuro

Visando voos mais altos, a MedEOR está firmando parcerias para o desenvolvimento do projeto mecânico do produto, arte, impressão gráfica e fabricação de matéria prima, sempre procurando por fornecedores locais. “Almejamos encontrar parcerias para alavancar as vendas tanto no Brasil quanto no exterior. Temos certeza que a MedEOR Medtech vai alçar voos mais altos”, ressaltou Rodrigo.

Sobre a MedEOR

Fundada por Luís Perdona e Fábio Tabalipa, a MedEOR foi crescendo, atraindo grandes nomes da área para o time. O engenheiro eletrônico, Marcelo Berejuck, a engenheira Mirian Thizon, o fisioterapeuta Fábio Sprada e o engenheiro Rodrigo Pereira fazem parte da equipe.

Para saber mais sobre a empresa e adquirir o SPTech, acesse https://www.medeor.cc/

Texto: Felipe Balthazar / Assessoria de Comunicação

Fotos: Divulgação / MedEOR Medtech