Em reunião de diretoria, ACIVA alinha ações com Secretaria de Saúde e UFSC sobre o Coronavírus

Após a pausa necessária da quarentena, a Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense (ACIVA) retornou as reuniões diretoria. Mas diferente do habitual, pela primeira vez a entidade usou a tecnologia para realizar o encontro mensal.

De forma online, os diretores puderam acompanhar a reunião, que foi realizada no último dia 28. Entre os assuntos abordados, a situação da pandemia no Vale do Araranguá foi o tema principal, contando com a participação do Poder Público, entre eles a Secretaria de Saúde de Araranguá e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Em sua fala, a secretária Evelyn Elias alertou para a importância de se conscientizar a população sobre os cuidados com o Covid-19. “As pessoas não estão se alertando para a situação grave que vivemos. Tem que se usar máscara, usar álcool em gel e manter o distanciamento social”, lembrou a secretária de Saúde.

O curso de medicina da UFSC também marcou presença na reunião. O professor Roger Ceccon e o diretor Eugênio Simão colocaram o corpo técnico da instituição educacional a disposição para construir campanhas educacionais sobre o Covid-19.

“Temos que pensar estratégias efetivas para dar conta de algo complexo, que nunca foi visto na humanidade. Hoje temos na Amesc 261 casos confirmados e segundo um estudo da Universidade Federal de Pelotas, a estimativa é que o número é sete vezes mais. Então hoje teríamos aproximadamente 1.800 pessoas contaminadas, que parece muito, mas nem perto do que vai vir a frente”, alertou Ceccon.

O Presidente da ACIVA, André Pietsch Serafin, destacou que entre as medidas, a entidade vai estudar uma campanha externa e interna com as empresas, para que todos se mantenham vigilantes com os cuidados básicos com a Covid-19.

“As empresas da nossa região já vem seguindo os protocolos de segurança referentes  a pandemia, mas vamos elaborar novas ações para conscientizar todos que a pandemia não acabou e os cuidados precisam continuar com ainda mais intensidade”, comentou Serafin.

 

Texto e fotos: Felipe Balthazar / Assessoria de Comunicação