Caixa e Sebrae anunciam R$ 7,5 bi em crédito para MEI, micro e pequenas empresas

Parceria entre Caixa e Sebrae dará acesso de crédito a pequenos empresários para minimizar impactos do coronavírus

A Caixa Econômica e o Sebrae anunciaram nesta segunda-feira (20) uma parceria com objetivo de facilitar o acesso ao crédito das micro e pequenas empresas, bem como microempreendedores individuais (MEI). A expectativa é injetar R$ 7,5 bilhões em linhas de crédito facilitado para o setor.

A parceria utiliza as linhas de crédito disponibilizadas pela Caixa e as garantias complementares serão concedidas pelo Sebrae por meio do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). A utilização do Fampe permite que as ofertas de crédito tenham taxas competitivas, até 40% menores que as praticadas hoje pela instituição financeira.

“A Caixa, enquanto banco público, tem a missão de dedicar atenção especial a este cliente que gera tantos empregos no país. Através da parceria, o banco disponibilizará melhores condições de taxas, prazo e carência, de forma a atender a demanda por crédito desse setor tão importante para a economia. ”, afirmou Pedro Guimarães, presidente da Caixa.

Segundo o vice-presidente de Varejo do banco, Celso Leonardo Barbosa, “os empresários poderão contar com uma verdadeira plataforma de crédito assistido, prazo de carência de até 12 meses para começar a pagar e prazos flexíveis para pagamento”.

As empresas e MEIs interessados no crédito devem manifestar interesse no portal Caixa Econômico. A partir disso, o banco fará a avaliação de crédito e apresentará uma proposta, com taxas de juros e prazo de carência específicos para cada solicitante. Podem solicitar o empréstimo empresas adimplentes com faturamento anual de até 4,9 milhões de reais, que tenham mais de 12 meses com receita. A liberação será feita a partir de quarta-feira (22).

Veja as condições de crédito especiais apresentadas pela Caixa:

MEI - Até R$ 12,5 mil | Carência: 9 meses | Amortização: 24 meses | Taxa de juros: 1,59% a.m

Micro Empresa - Até R$ 75 mil | Carência: 12 meses | Amortização: 30 meses | Taxa de juros: 1,39% a.m

Pequena Empresa - Até R$ 125 mil | Carência: 12 meses | Amortização: 36 meses | Taxa de juros: 1,19% a.m

O Sebrae anunciou ainda que irá oferecer assistência aos empreendedores para mitigar o risco da operação de crédito.

Carlos Melles, presidente do Sebrae, explicou que um dos maiores obstáculos no acesso dos pequenos negócios a crédito é a exigência de garantias feita pelas instituições financeiras.

“Nesse sentido, o Fampe funciona como um salvo-conduto, que vai permitir aos pequenos negócios, incluindo até o microempreendedor individual, obterem os recursos para capital de giro, tão necessários para atravessarem a crise provocada pela pandemia do coronavírus, mantendo os negócios e os empregos”, diz.

A novidade faz parte do conjunto de medidas que vêm sendo implementadas pela Caixa e o governo federal para reduzir o impacto provocado pela crise do coronavírus sobre os pequenos negócios no Brasil.

Confira mais informações clicando aqui.

 

Fonte: Infomoney

Foto: Freepik