Projeto Mentoria realiza encontro final entre empresários e jovens empreendedores

Promovido pelo Núcleo do Jovem Empreendedor da ACIVA, o Projeto Mentoria encerrou nesta terça-feira, 04, com encontro especial

Neste ano, o Núcleo do Jovem Empreendedor da Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense – ACIVA, lançou o Projeto Mentoria no município, com o objetivo de oportunizar aos quatro jovens a troca de conhecimento com empresários que já tem experiência no assunto. O encerramento das atividades aconteceu na noite desta terça-feira, 04, na sede da ACIVA.  

De acordo com uma das integrantes do núcleo, Leticia Cunico, o objetivo do projeto é uma maneira de fortalecer o meio empresarial por meio da troca de conhecimentos entre empresários de sucesso (mentores) e jovens empreendedores (mentorados). 

Cada um, dos quatro participantes, recebeu mentoria direta com um empresário da cidade. Participam do projeto como mentores: Alex Cavalheiro, do Instituto Mix; Édio Junior, da Sisdado Tecnologia; Tarciano Santos, da Prodapys e Land Nunes, da Ibasi. E como mentorandos, Eduardo Assis de Oliveira -  Empório do Aço, Ale Chaito – Protraderbot, João Antônio Farias – iObras, e Ulysses Goulart da Silva - Sabor Açoriano.

“Foram feitos encontros entre o mentor e mentorado. Durante os encontros o mentor identificou as necessidades das empresas e propôs ações para seus mentorados”, explicou Leticia.

Avaliação sobre o projeto


Neste último encontro foi feita uma avaliação de como foi o projeto, com o feedback dos participantes, para que ano que vem o Projeto Mentoria possa oportunizar ainda mais jovens.

Um dos mentorados, Ulysses, ficou satisfeito com a experiência. “Com certeza só veio a somar. Me trouxe uma nova visão, me ajudou bastante”, disse.

O empresário Édio, elogiou a iniciativa da ACIVA. “Como mentor, além de poder contribuir, é tornar aquela contribuição uma realidade, e dessa realidade, gerar novos fluxos.  Espero também poder contribuir nas próximas etapas e espero que esse projeto se perpetue”, afirmou.

O mentor Land Nunes também avaliou o projeto como positivo para o município e sugeriu a ampliação. “Achei muito interessante, eu gosto de passar o meu conhecimento, o que conheço. A avaliação que eu faço sobre o projeto é positiva. Deixo como sugestão tentar ampliar esse projeto para escolas”, pontuou.


Texto e fotos: Multi Digital