Mulheres que inspiram: Angela é a força feminina no setor industrial

No Dia Internacional da Mulher, conheça a história da empresária Angela, a força feminina da indústria de implementos agrícolas Pagé

O Dia Internacional da Mulher é muito mais do que apenas comemorar as mulheres; a data sempre instiga debates, e reflexões, sobre o espaço da mulher na sociedade. E neste dia tão importante, a ACIVA estreia a série de entrevistas ACIVA Entrevista. E a primeira reportagem traz a história de Angela Fatima Pascoali Boeira, 62 anos. Ela é a força feminina dentro de uma das maiores fabricantes de equipamentos para armazenagem e beneficiamento de grãos, a Pagé.

Com muita simpatia, Angela acolheu a equipe de reportagem e durante quase 45 minutos, demonstrou serenidade e muito bom humor para reviver as memórias de sua vida, da infância aos dias atuais.

Falando em infância, Angela desde cedo ajudou a família nos afazeres de casa, tarefa que ficou ainda mais importante quando o pai, Gerci Pascoali, iniciou as margens da BR-101 uma oficina. "Quando eu era pequena meu pai trabalhava com conserto, minha mãe ficava costurando, bordando perto dele e eles faziam uma caminha no chão para eu dormir", relembra sobre a infância no bairro Barranca.

"Eu sempre fiz parte da empresa. Nos tínhamos um balcão e eu vendia peças. Nosso pai nos criou assim, nos reunindo na fábrica para organizar as peças e ajudar a vender".

Até chegar a administração da Pagé, Angela possui um passado de muito trabalho e estudo. Quando criança, sempre ajudava o pai na empresa, que posteriormente evoluiu para uma fábrica, fundada em 1964. Após concluir o ensino médio, ela foi em busca da primeira formação acadêmica, em Florianópolis.

"E eu sempre tinha o sonho de ser empresária. E naquela época eu nem sabia o que era ser empresária, que para mim era trabalhar em uma empresa. Então eu me formei em Administração”, conta.

A força da mulher em todos os setores

Há 40 anos Angela contribui com seu trabalho na Pagé. Empresária, ela construiu ao longo deste período uma bela família, constituída pelo esposo Jorge Boeira, pelas filhas Natalia, de 34 anos, Amalia, 29, e pelos netos Pedro, 1 ano e Benjamin, 4 meses.

Sobre os novos espaços que as mulheres estão ocupando, ela revela que na Pagé as portas sempre estiveram abertas para o gênero feminino em todos os setores da empresa. "Já tivemos, e temos mulheres desde o setor industrial aos cargos que exigem formação acadêmica, como o de Engenharia Mecânica", comentou.

"Eu acredito que a mulher tem tanta capacidade quanto o homem. Não existe essa disputa de que o homem é melhor, ou a mulher é melhor, todos os dois podem tudo. A única coisa que eu penso é que eles foram feitos diferentes para se completarem", disse.

Família, trabalho e estudo

Mesmo tendo sucesso em todas as áreas da vida, Angela não se permite pensar que tudo já foi conquistado. "Ser mulher, trabalhar, ser mãe, você sempre pensa que fica devendo. Eu sinto como eu não fosse uma boa profissional. Eu sinto que eu deveria ter cuidado mais dos meus filhos, mais da casa, me especializado mais para o meu trabalho”, analisa.

Uma mulher inquieta, que quer desbravar novos desafios; assim pode ser definida a personalidade de Angela, que após desabafar sobre as cobranças que faz a si própria, completou com uma mensagem motivadora as mulheres. "Eu acho que a gente vence, tem força, tem capacidade. As mulheres conseguem vencer desafios. Ela é tão capaz quanto qualquer outro ser, e quanto a gostar de ferro ou de moda, eu também gosto de moda, de maquiagem, mas me encontrei na indústria e assim devem ser as mulheres, ocupando todos os espaços possíveis de trabalho", declarou.

Homenagem

Ao fim da entrevista, após relembrar tantos momentos de sua vida, Angela fez questão de deixar uma homenagem ao Dia Internacional das Mulheres.

"Quero deixar um abraço a todas as mulheres, às mães, empresarias, amigas, as esposas, irmãs, enfim, a todas nós que somos muitas mulheres em uma só. Somos guerreiras, somos parceiras, somos amigas. Parabéns a todas as mulheres".

 

Texto: Multi Digital

Fotos: David Cardoso