ACIVA participa de plenária da Facisc e reivindica ao Governador melhorias para a região

Durante plenária da Facisc, presidente da ACIVA, Beto Rizzotto, solicitou ao Governador um novo olhar do governo para o Extremo Sul Catarinense

 Membros da Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense – ACIVA, estiveram presentes na noite de quarta-feira, 28 de fevereiro, na Reunião Plenária da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina, realizada na sede da Associação Empresarial de Criciúma – ACIC. O encontro contou com a presença do governador em exercício de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira.

Os representantes das associações empresariais do Sul aproveitaram o momento e expuseram reivindicações e a expectativa de uma atenção especial de Moreira como representante do Sul no comando do Estado.

O governador recebeu em um único documento, denominado Pacto pelo Sul, as demandas nas áreas de infraestrutura, inovação, saúde e educação. O vice-presidente Regional Sul da Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina - Facisc, Samuel Ramos de Lima, falou sobre o assunto.

“Sempre ouvimos que o Sul é a bola da vez, mas essa bola da vez nunca vem. Assim como nós empresários temos feito um trabalho de guerra para com o desenvolvimento, queremos pedir a reciprocidade do Estado. A oportunidade de ter um governador da nossa regional é de extrema importância porque a sua visão é de conhecimento da nossa realidade. A Serra e o Norte já tiveram o seu momento e nós pedimos que agora seja o momento do Sul”, destacou.

O presidente da ACIVA, Beto Rizzotto, chamou a atenção do Governador para a conclusão das obras da Serra do Faxinal e investimentos no Hospital Regional. “O nosso hospital precisa de recursos para que possa atender a população com qualidade na saúde. Além disso, queremos a aprovação da participação do conselho comunitário, que está sendo criado, na qual a ACIVA tem uma cadeira”, ressaltou. 

Eduardo Pinho Moreira garantiu que uma série de ações serão realizadas no Sul. “Todas as associações empresariais da região Sul estiveram presentes e elencaram pleitos coletivos para o desenvolvimento da região em vários setores. São bastante consistentes e necessários. Muitos estão em andamento, uns serão atendidos e outros serão discutidos”, disse o governador.

*Texto e fotos: Multi Digital