ACIVA celebra entrega da ordem de serviço para a construção do prédio de Medicina

Construção do prédio do Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde é uma das exigências para a implantação do curso de Medicina em Araranguá

Mais um grande passo foi dado para a implantação do curso de Medicina em Araranguá. Na manhã da última quarta-feira, dia 31, o Reitor da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC, Ubaldo Balthazar, assinou a ordem de serviço para a construção do prédio do Centro de Ciências, Tecnologia e Saúde.

Ao todo, a UFSC contou com verba via emenda parlamentar de R$ 3.290.343,80 do deputado Federal Jorge Boeira para a obra de estrutura em concreto pré-moldado do prédio, que se será erguido ao lado da UPA, em uma área de 6.400 m². O prazo da obra é de 210 dias corridos.

A solenidade foi acompanhada pelo presidente da Associação Empresarial de Araranguá e Extremo Sul Catarinense – ACIVA, Beto Rizzotto e pelos ex-presidentes da entidade, Giovani Elias, Karoly Agardi, Geraldo Mangela e Kleber Frigo, que celebraram mais esta conquista.

"A ACIVA defende a implantação do curso desde 2008, passando pela gestão de vários ex-presidentes até chegar aos dias atuais. Temos orgulho de representar a sociedade nesta luta, fazendo presença em cada passo até a implantação se concretizar", comentou Rizzotto.

A ACIVA é uma das entidades que mais defendem e cobram as autoridades politicas, e a própria Universidade Federal, pela implantação do curso de Medicina em Araranguá. Em 2008 e 2010, a entidade foi pioneira em defender o curso na região e em 2013, em visita da então coordenadora Roselane Neckel, recebeu o primeiro sinal sólido, por meio do programa Mais Médicos, que o sonho utópico pudesse virar realidade.

"E da utopia, hoje comemoramos cada conquista concreta, de que teremos sim o curso de Medicina em Araranguá", disse Rizzotto. “E temos certeza, que com a implantação, Araranguá vai viver um novo momento de desenvolvimento", completou.

Detalhes

O coordenador eleito do curso de Medicina em Araranguá, Paulo Marcondes, revelou que o prédio irá abrigar além da Medicina, o curso de Fisioterapia. "E o nosso cronograma segue com a previsão da primeira turma do curso de Medicina iniciar no segundo semestre deste ano", garantiu.

Ainda segundo Marcondes, enquanto o prédio não estiver pronto, os alunos vão ficar instalados no campus da UFSC Jardim das Avenidas, alugado atualmente junto a Unisul. "Vamos montar os laboratórios necessários no campus Jardim das Avenidas, para receber a primeira turma do curso”, detalhou.

Solenidade marcada pela emoção

Um dos entusiastas do curso de Medicina, o deputado Jorge Boeira, mais uma vez fez uma importante contribuição para a implantação do curso. Em seu discurso, o parlamentar ressaltou o desenvolvimento que o curso trará para Araranguá e região. "A Medicina é o curso âncora da saúde e este curso vai consolidar o projeto da Universidade Federal em Araranguá”, pontuou.

O reitor da UFSC, Ubaldo Balthazar, destacou o empenho de toda equipe de professores e pró-reitores. "Gostaria de destacar o trabalho de todos os envolvidos na implantação do curso. É uma alegria estar aqui e poder autorizar mais uma etapa deste projeto”, salientou.

Diversas autoridades estiveram presentes na solenidade, entre elas: a engenheira Civil Maria Cecilia Romano Vieira, o presidente da comissão de implantação, Isabel Back; o reitor da UFSC no período 2004-2008, Lucio Botelho; o prefeito de Araranguá, Mariano Mazzuco Neto e o presidente da Câmara de Vereadores, Daniel Viriato Afonso.

 

Texto e fotos: Multi Digital